<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d15480620\x26blogName\x3dougado\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://ougado.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3den_GB\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://ougado.blogspot.com/\x26vt\x3d-571278826637307540', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

corrida

Monday, October 24, 2005
Ontem corri a "Corrida contra o Tejo", uma corrida de 10 km que começava em Algés e terminava em Oeiras. Muito simpático. Dia 4 de Dezembro vou correr uma meia maratona. O treino começa a aquecer.

treino

Wednesday, October 12, 2005
Hoje comecei o pré-treino. Isto significa que passei de correr 1 ou 2 vezes por semana para 4 vezes por semana. O treino propriamente dito começará em Dezembro, quando começarei a correr 6 vezes por semana e a aumentar as distâncias. O aumento de exercício físico vai causar nova pressão sobre a dieta. Baby steps.

baptismo

Daqui a umas semanas o meu filho (primeiro e único, so far) vai ser baptizado. Como o evento interessa-me muito pouco (não tenho fé) a organização da coisa tem-me passado um pouco ao lado. Ontem, no entanto, fui obrigado a "decidir umas coisas" e só então é que me apercebi da dimensão da coisa. Ambas as famílias acreditam que este é um evento apenas para a família mais próxima, pelo que não são convidados amigos ou família distante (até aqui tudo bem). Ingenuamente, eu achava que grande parte da minha família (a maioria mora no Norte) não ia aparecer. Com a excepção de quem está doente, vêm todos. Ou seja, como somos só a família directa (descendentes dos bisavós do S.), somos 85...

As "decisões" diziam sobretudo respeito a elementos do rito: a vela (?), a lembrança (?) e os presentes. Fiquei a saber que a minha mãe vai oferecer uma concha (?) de prata. Tive que opinar sobre o facto de a minha família querer oferecer uma medalha do Espírito Santo (?). Vi a toalha que a minha mulher está a bordar e a roupa (vestido?) do trisavô que o S. vai vestir. O sacramento vai ser administrado por um tio que é padre. Senti-me como uma personagem de um filme que é transportado para outro planeta ou para outra época. O meu cunhado de 12 anos ainda me ia explicando o contexto de algumas coisas.

Um dos aspectos mais surreais da coisa é que o S. não percebe o que se passa ou o que vai acontecer (tem 4 meses). Eu atribuo pouco valor ao evento. E mesmo a minha mulher vibra muito menos do que as avós e bisavós.

No meio disto tudo descobri algo para fazer. Vou fazer o bolo! No início, não gostei da conversa: entregaram-me umas embalagens de massapão que a Tia J. que mora em Bruxelas tinha trazido e a minha sogra entregou-me umas formas. Expliquei que se era eu que ia fazer o bolo, eu não iria ser condicionado por opiniões ou ideias pré-concebidas. Esclarecidas as condições, já estou a borbulhar com ideias!

the most painful sentence

Someone once said to me "I used to live in a fairy tale and you destroyed that". The reason: I said I would be somewhere and I was 3 hours late because I was having lunch with someone else. Of course I could be cynical and dismiss this sentence because fairy tales don't exist, because life is always more complex. But it I was the reason the "fairy tale" was created and it was because of me that it ended.

broken

Certain relationships are almost magical and then they break. The strange thing is that even if the relationship blossoms again, it will never be like before. Even if all is well, the fact still remains that once this relationship was broken.

dieta - update

Monday, October 10, 2005
Está-me a custar imenso, pois claro. A parte dos doces tem corrido bem. Só comi num casamento (experimentei 6 diferentes e nenhum deles era especialmente bom). A parte do álcool é que é tramada. De vez em quando tropeço. Claro que beber menos (que é o que estou a fazer) já é bom, mas... A parte da comida saudável corre lindamente, tenho comido muito mais fruta e vegetais e tenho-me afastado das "asneiras".

birth

Há certos filmes que me irritam imenso enquanto os estou a ver mas que depois ficam a saltitar dentro da minha cabeça e quase que gosto deles. Neste fim-de-semana vi um filme chamado "Birth" (com a Nicole Kidman) que pertence a essa categoria.

weirdos

Pensava que a Família era um conceito muito simples. Mas com o passar do tempo tenho aprendido que só a minha família é que é simples. As outras são bem complicadas.

Situação: o avô (octogenário e com Alzheimer) sente-se mal e a sua condição está a deteriorar-se. São frequentes os almoço de Domingo na casa do avô onde são sempre convidados (ou seja, não estão sempre todos presentes) os seis filhos, quinze netos, oito afins e três bisnetos. Às vezes também vão os namorados e namoradas. Perante o estado de saúde do avô, uma das filhas declara que "acha mal haver almoço"(!!??!!!). Por esta razão decide não ir e, pois claro, os respectivos marido e dois filhos também não vão. Avô e avó ficam desconsolados.

you're fired!

Tuesday, October 04, 2005
Pela segunda vez em menos de seis meses vou ter de despedir uma pessoa. Não me faz confusão nenhuma (coldhearted?). O que me angustia é a trabalheira de encontrar outra pessoa e ter de voltar a conhecer/ensinar/confiar.

gastro

Pá, gastroenterite (será que é assim que se escreve?). Uma seca. Ainda por cima eu sabia que era uma cena contagiosa e não tive cuidado nenhum. Mal disposto até dizer chega. Bleurgh!